A hipnose pode ajudar vítimas de abusos sexuais

Posted on Posted in Informação

1395930548Um tema muito sensível e que nos entristece de ter que ser tratado, mas infelizmente é algo que acontece com frequência e ganhou posição na mídia depois do caso recente em que uma jovem foi violentada por um grupo de rapazes.

O caso do estripo em si não é o foco deste post embora gostaríamos de deixar claro nosso posicionamento e total repúdio à este e qualquer outro caso de violência. Acreditamos que a educação e o respeito são a base para uma sociedade que possa viver em paz. Repudiamos qualquer ato que feri estes princípios.

Se violências sexuais estão, ainda hoje, presentes em nossas vidas, as sequelas que tais atos geram nas vítimas podem ser amenizados ou até mesmo eliminados. Enquanto não pudermos ter a dignidade de viver em uma sociedade livre de tais atrocidades, ao menos podemos tentar tornar melhor a vida das vítimas desta violência.

A hipnose é uma ferramenta muito poderosa no tratamento de traumas e logo na primeira sessão já é possível perceber melhoras consideráveis. Mas como funciona a hipnose no tratamento de traumas?

Para responder esta pergunta precisamos entender como um trauma é formado. Embora o objeto traumático varie caso a caso (medo de elevador, barata, escuro, lugares fechados, etc) todos eles são formados da mesma maneira: um sentimento negativo associado à uma lembrança.

Vamos explicar com o seguinte exemplo: Uma pessoa está voando e passa por uma área de forte turbulência e acredita ter escapado por sorte da morte. Deste dia em diante sempre que for entrar em um avião a pessoa começa a aumentar seu batimento cardíaco e suar frio com uma sensação total de insegurança e de que precisa sair daquele local. Isso porque inconscientemente ela recebe estímulos de sua mente que voar é perigoso e que ela pode morrer.

Mesmo que esta pessoa do nosso exemplo tenha voado várias vezes em segurança, uma situação de perigo foi suficiente para “gravar em sua mente” que voar é perigoso.

Com a hipnose é possível “voltar” ao momento em que um trauma foi gerado e ressignificar a experiência. Mudamos o sentimento negativo e colocamos algo neutro no lugar e desta forma o trauma passa a ser apenas mais uma lembrança e não desencadeia as sensações traumáticas.

Embora a experiência que uma pessoa vítima de violência sexual seja, em vários aspectos, muito mais negativa e intensa que a do exemplo acima, a estrutura de formação do trauma é a mesma e por isso também pode ser ressignificado com a hipnose. Não podemos apagar a lembrança da pessoa mas conseguimos fazer com que ela viva com muito mais qualidade de vida, sem carregar o peso desta lembrança tão negativa.

Além disso a hipnose consegue trabalhar em outras áreas que vão ajudar vítimas de estupro:

  • Aumentar autoestima;
  • Aumentar autoconfiança;
  • Tratar insônia;
  • Eliminar possíveis culpas que sejam geradas pela situação traumática;
  • Acelera os resultados do acompanhamento psicológico quando for necessário;
  • Aumenta a vontade de viver e a prática da gratidão que ajudam a vítima a seguir em frente.

Se você passou por algo parecido ou conhece alguém que precisa de ajuda nos procure! Nós podemos ajudar você.

Ligue (31) 99587-7574 ou mande um e-mail para contato@ohipnotista.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *